Soneto da Partida.

Ah meu Amor, és tão perfeita
Tão doce, tão bela,
Das criaturas, a mais singela
Que em um olhar minh'alma endireita.

Olhos Apaixonantes
Que não me deixam fugir
E me dá pena partir,
Te deixar aqui nessas terras errantes

Escrevo-te este soneto, Amor
Por ti perco meu sono
Pra que lembres que jamais te abandono

E lembrar-te que essa dor
Que eu tanto desabono
Não mais existirá no nosso outono.


Tadeu Santos

7 Comentários:

DanyL

Quem tah partindo?? U.U'
Triste =/

Anônimo

Coisa Liiiinda amooor! Eu sei que nunca vai me abandonar, Voce esta guardado em mim! EU TE AMO

Lanna;

Mela cueca. --' HDAUSIHDASUIHDASUIH
Tão apaixonado, minha coisinha-inha. ♥

Nikki

Lindo, você escreve muito bem :)
Deu saudade do meu antigo blog... que eu apaguei :/

Gabi

Caramba! Lindo d+!
Tava inspirado, hein! xD

Filipa

uau... eu amei o seu soneto... gostei mesmo...
cont a escrever sonetos pa eu me poder maravilhar a ler ;)

Dama oculta

Obrigada Tadeu.
Desculpe não ter comentado antes, é que estava meio sem tempo. Resolvi te seguir porque gostei do seu blog e do que você escreveu. Esse soneto é realmente muito bonito. :)
Obrigada por seguir meu blog.

Postar um comentário

Return top